Sobre nós

A 'Geração de Piratas' conta com uma equipa formada e especializada, que está enriquecida pela conjugação de espíritos jovens e empreendedores com o conhecimento e experiência na área da educação para a primeira infância.
É assim criada uma dinâmica ativa e diversificada para a concretização de um projeto que envolve todos os elementos da equipa em parceria com as famílias.
Para tal é desenvolvido um trabalho em conjunto com os pais no sentido de responder a todas as necessidades das crianças, através da afetividade, da consistência e do apoio criativo ao desejo natural das crianças para aprenderem ativamente.
A Geração de Piratas tem como valores proporcionar uma alimentação adequada á 1ª infância ,biológica , sem adição de sal e açucar.


Missão

A principal missão da Creche Geração de Piratas é desenvolver um projecto de excelência na área do ensino da 1ª Infância (creche - 3 meses aos 36 meses), inovador e diferenciador, que satisfaça as exigentes necessidades diárias de crianças e pais.
Existirá uma preocupação constante em garantir um papel participativo de todos, salvaguardando o bem-estar da criança e fomentando uma proximidade e preocupação dos pais na educação diária dos seus filhos.


Objectivos

No contexto que é a Geração de Piratas, numa realidade concreta, numa creche aberta, os Directores, a Coordenadora Técnica, as Educadoras e a restante equipa de trabalho têm, como principal preocupação, o bem-estar da criança não esquecendo as suas necessidades básicas e as suas características individuais.

A aprendizagem é construída a partir do que as crianças já sabem, assenta, portanto, na valorização dos seus saberes como fundamento de novas aprendizagens.
Este alargamento dos saberes que a criança adquiriu no meio familiar supõe o respeito pela sua cultura de origem e o estabelecimento de uma relação com os pais.
Este processo de colaboração com os pais e a comunidade com efeitos na educação das crianças tem ainda consequências no desenvolvimento e na aprendizagem dos adultos que desempenham funções na sua educação, não só os pais e outros parceiros educativos, mas também os/as educadores/as e auxiliares de acção educativa.

-Nesta fase, as mudanças ocorrem muito mais rapidamente que em qualquer outro período da vida;
-Os bebés aprendem experimentando o ambiente através dos sentidos (vendo, ouvindo, saboreando, cheirando e sentindo) e através da interacção social;
-Durante esta fase, bem como em todas as outras, todas as áreas de desenvolvimento (cognitivo, social, emocional, físico e da linguagem) estão interligadas;
-Os bebés são dependentes dos adultos para satisfazerem as suas necessidades;
-Toda a actuação se deve basear no conhecimento das características e necessidades de cada criança e do grupo.